Abastecimento de feiras em Santa Inês está comprometido devido a greve dos caminhoneiros

Por: William Junior, em 29 /05 /2018, ás10h49

Os caminhoneiros protestam contra sucessivos aumentos no custo do combustível e as manifestações bloqueiam vias importantes em pelo menos 24 estados do país, e já começa a refletir no fornecimento de alguns serviços e produtos como frutas e verduras, para feiras de Santa Inês.

apagar2

Caminhões com alimentos como cenoura, tomate, melão, cebola, uva e maçã não chegaram à cidade. Alguns feirantes disseram na manhã de ontem, que não estão conseguindo manter os estoques. O senhor Jaime Gomes contou ao Jornal AGORA a sua situação: “se isso durar até a próxima semana, não vai ter feira. Pois dependemos dos caminhões para o abastecimento, está complicada a situação”.

Na Feira da Barreirinha, que se localiza na Avenida José Sarney, extensão da Praça da Matriz, alguns feirantes temem que os estoques não durem nem para o fim de semana e aumentam os preços. Dona Ana, discorreu sobre a greve: “a feira depende dos caminhões, muitas mercadorias vem do Ceará, estou com medo, porque tiro meu sustento daqui e se durar muito mais essa greve, logo não vai ter mercadorias pra vender”.

Do Agora Santa Inês

Acompanhe mais notícias em www.portalpindare.com.br. Siga nossa página no

Facebook.