MARANHÃOSANTA INÊS E REGIÃO

Aulas presenciais na rede estadual são adiadas pela 6ª vez no Maranhão

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informou que a volta às aulas presenciais em escolas da rede estadual do Maranhão segue sem data definida, após o resultado da segunda consulta pública com pais e estudantes, divulgado nesta sexta-feira (4). Ao todo, 46 mil pessoas participaram da pesquisa.

No geral, o resultado apontou que 54,58% dos entrevistados não são favoráveis a volta das aulas presenciais, contra 45,42%. Quando questionados individualmente, 56,1% dos estudantes foram a favor do retorno, contra 43,6%.

Entre os pais ou responsáveis, 63,7% relataram que não se sentem seguros com o retorno das aulas, enquanto 36,3% acreditam que elas devem voltar. Mais de 80% dos professores da rede estadual afirmaram que não consideram viável a volta das atividades, contra 19,6%.

Com o resultado, esta será a 6ª vez que as aulas são adiadas no estado por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Segundo a secretaria, as atividades presenciais que estão suspensas desde março, seguem de forma remota até a definição de uma nova data. A expectativa é que uma nova consulta seja realizada até o fim do mês de setembro.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), falou sobre o resultado da pesquisa e considerou que ainda é ‘muito cedo’ para o retorno das aulas presenciais no estado.

“É um tema que merece toda atenção, tem merecido toda a atenção e vai continuar a ser objeto da nossa conversa, da nosso diálogo sobretudo com a comunidade escolar que está abrangida pelas famílias dos nossos estudantes”, disse o governador.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar