Campanha busca aumentar doações de sangue em Santa Inês

Campanha busca aumentar doações de sangue em Santa Inês

Uma campanha quer aumentar as doações de sangue antes do carnaval em Santa Inês. Tudo isso porque o estoque no hemonúcleo da cidade está muito baixo.

Doacao de sangue

O hemonúcleo de Santa Inês fornece sangue para todas as cidades do Vale do Pindaré e, ainda Bacabal e região. Segundo a direção do hemonúcleo, em uma manhã é possível coletar 40 bolsas, mas não é sempre que aparece essa quantidade de doadores.

Para atender toda essa demanda o hemonúcleo de Santa Inês precisa coletar, no mínimo, 500 bolsas de sangue por mês e o estoque está bem abaixo do esperado. A situação mais crítica é em relação ao sangue do tipo negativo.

O estoque é tão baixo que chegou a ficar com apenas três bolsas do tipo raros disponíveis nos últimos dias. O agente de trânsito, Diogo Pereira Nascimento, disse que prioriza a doação de sangue para as pessoas que necessitam do sangue do tipo negativo.“Eu sempre sou contactado por algumas pessoas para que eu faça essa doação, mas muitas das vezes eu seguro para fazer essa doação para pessoas especificamente negativas por causa justamente dessa necessidade, dessa falta”.

O lavrador Miguel Silva Bispo pontua que procura o posto de coleta para doar sangue, porque considera um ato de amor. “É uma sensação boa. É uma sensação de que eu estou doando sangue para mais uma vida. Eu acho bom doar sangue para as pessoas”, finalizou.

William Junior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *