SANTA INÊS E REGIÃO

Empresas de Santa Inês recebem consultoria em design

 

Ação do Sebrae é implantada após diagnóstico realizado por Agente de Inovação que visitou estabelecimentos na cidade

 consultoria em design

As empresas de Santa Inês atendidas pelo programa ALI – Agente Local de Inovação, do Sebrae, receberam, no período de 2 a 4 de junho, consultoria especializada em design para atender às necessidades de melhoria em identidade visual – diagnosticado pelos Agentes Locais de Inovação, que visitam e avaliam as empresas acompanhadas pelo Sebrae.

A partir deste diagnóstico, foi observada a necessidade de melhorar o layout interno das empresas, suas fachadas e identidade visual, a fim de torná-las mais atrativas aos clientes.

O gestor de projetos do Sebrae, Fabio Braga, explica que as ações do programa ALI visam levar inovação e tecnologia para as empresas atendidas, tornando-as mais competitivas. A comunicação visual com o cliente foi a parte que mais exigiu atenção, assim como a organização do ambiente interno.

O especialista Diogo Pereira – que é arquiteto e urbanista – prestou consultorias, durante dois dias foram visitados quatro estabelecimento, segundo ele, a receptividade foi muito boa, “os empresários perceberam que necessitavam de intervenção para melhorar a qualidade dos seus empreendimentos”, avaliou o consultor, que afirma ainda que as empresas atendidas sabem que o mercado está em expansão e buscam acompanhar estas mudanças. “Estou na expectativa de contribuir com a expansão do comércio varejista em Santa Inês”, observa.

As intervenções serão feitas em três etapas, começando com o levantamento de dados para saber onde vai haver as intervenções; depois, será feito o estudo preliminar, onde será mostrado um diagnóstico da situação da empresa e como os problemas podem ser resolvidos. A última etapa será de implantação de projetos, com apresentação de plantas técnicas para execução.

Nesta primeira fase da atuação do consultor do Sebrae, foram visitadas as empresas de móveis de escritórios, roupas infantis, laboratório e uma distribuidora de medicamentos. Segundo Diogo, as mudanças propostas foram bem aceitas, o que deve facilitar as ações que serão implementadas nas empresas atendidas.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar