Estudante pindareense é selecionada para intercâmbio no Canadá

Estudante pindareense é selecionada para intercâmbio no Canadá

Uma aluna do município de Pindaré Mirim que estuda no Instituto Federal do Maranhão do Campus de Santa Inês está entre os 20 selecionados na chamada pública do Programa de Bolsas de Estudo Canadá/Brasil, promovido pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal (Conif) e CICan (Colleges and Institutes Canada).

maria rita jansen2

Maria Rita Jansen, filha de Ivanise Jansen, estudante do curso de graduação tecnológica em Construção de Edifícios, deverá passar 16 meses no Canadá, no Algonquin College, localizado na capital do país, Ottawa. Durante quatro meses, ela vai frequentar um curso de Inglês e em seguida fará dois semestres do curso de Construction Engineering Technician (Técnico de Engenharia Civil).

maria rita

Os procedimentos do processo de seleção foram realizados nas dependências do IFMA, onde a aluna fez o teste de proficiência TOEFL-ITP e a entrevista em inglês por videoconferência, que serviram como critérios para a classificação dos candidatos ao programa. “Durante minha estadia lá eu espero aprimorar meu inglês, assim como conhecer as novas tecnologias na minha área de estudo de modo a trazer para o Brasil todo meu aprendizado”, revela Jansen.

A professora Virgínia Freire, chefe da Assessoria de Relações Internacionais (ARINT) do IFMA, destaca o papel do recém-criado Comitê de Relações Internacionais do IFMA no processo de descentralização das oportunidades de mobilidade internacional.  “A gente tem muito que agradecer ao Campus Santa Inês que nos ajudou tremendamente”, comemora a assessora.

“Esta é uma oportunidade indescritível, com certeza uma benção divina, e também o resultado de muita força de vontade e esforço. Além do amor pela língua inglesa, o que me levou a buscar ampliar meus horizontes.” Diz, a estudante pindareenses.

Sobre o programa

O programa é resultado de parceria entre o Conif e o CICan. As bolsas ofertadas foram direcionadas a estudantes de cursos superiores de tecnologia da Rede Federal. Parte das vagas está localizada em instituições anglófonas e outra em instituições francófonas do Canadá. No processo de seleção, os alunos tiveram de apresentar teste de proficiência em inglês ou francês.

William Junior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *