Jovem, proprietário de paredão de som, é assassinado em Santa Inês

Jovem, proprietário de paredão de som, é assassinado em Santa Inês

Um assassinato cruel e bárbaro aconteceu na madrugada de hoje, domingo (30), tendo como vítima um funcionário da Casa Lotérica localizada na Rua do Comércio de nome Fernando Soares Oliveira, 23 anos, muito conhecido em Santa Inês. O fato covarde causou comoção da população de Santa Inês e revolta em dezenas de populares que se posicionaram diante da Delegacia Regional que está cuidando do caso.

Vítima
Vítima

         As Polícias Civil e Militar conseguiram prender horas depois do crime, ainda na madrugada os quatro elementos que participaram direto e indiretamente da morte do funcionário da casa lotérica.

pressos

         Segundo depoimento de um dos participantes do crime, um menor de 16 anos, o caso começou por volta de meia noite no Sítio Bar, localizado no Povoado Barradiço, município de Santa Inês, quando juntamente com Francisco Sousa Lima, 34 anos, o menor que tem as iniciais G.C.S, avistaram um som conhecido como “Paredão” na festa, momento em que combinaram de roubá-lo.

         Por volta de 1h30 da madrugada Fernando decidiu sair do local juntamente com sua namorada para um Bar localizado na Barreirinha, pouco tempo depois eles saíram do local se dirigindo para o centro da cidade, a vítima diminuiu a velocidade para passar em uma vala na Rua do Milho, momento em que foi abordado pelos assaltantes. As vítimas abandonara moto bis no loca e entraram no carro da vítima onde se dirigiram para BR316 próximo ao motel Arco Íris. As vítimas teriam sido levadas para o matagal, momento em que a namorada de Fernando conseguiu escapar se embrenhando no matagal e Fernando teria segurado a mão do bandido para que ele não atirasse em sua namorada. Enfurecido, Fernando foi espancado com chutes e murros pelos bandidos, depois posicionado de joelhos, momento em que o elemento Francisco atirou contra o peito da vítima a queima roupa.

         Após o bárbaro assassinato a dupla levou o carro da vítima para uma fazenda nas proximidades onde aconteceu o crime. O caseiro da fazenda, de nome Nixon Marques Freitas de 27 anos , que já estava sabendo do caso, liberou  a fazenda para esconder a carreta onde estava o som.

         A moto Biz usada no crime, tinha sido emprestada por Zaqueu da Silva Mesquita, 19 anos, que, de acordo com o menor, receberia uma porcentagem do valor do som pelo empréstimo da mesma, foi devolvida.

         No momento da fuga, a namorada de Fernando conseguiu chegar na delegacia e contar o fato, viaturas da civil e militar se deslocaram realizando rondas por toda cidade e redondezas, foi quando encontraram o carro da vítima sendo conduzido no sentido  de Bom Jardim.

         Após alguns minutos de perseguição, a polícia disparou contra o veículo atingindo o vidro, lataria do carro e pneu, obrigando os assassinos a pararem o mesmo próximo ao Povoado Tirirical.

         A quadrilha foi presa em flagrante e todo o material roubado recuperado. Houve tumulto em frente à Delegacia Regional onde dezenas de pessoas, entre familiares e amigos, revoltados com a barbaridade, queriam invadir a delegacia. Foi preciso a Polícia Militar usar de todo aparato para transferir os bandidos em comboio para local seguro, usando inclusive Spray de pimenta, e também foram feitos disparos para o alto. A quadrilha foi transferida para local não informado, por questões de segurança.

O corpo de Fernando está sendo velado na casa de familiares localizada no Canecão, amanhã, segunda-feira, será encaminhado para Bacabal, onde será sepultado.

Do Jornal Agora Santa Inês

William Junior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *