MPMA e IFMA realizam formatura de detentos em curso de Operador de Computador

Por: William Junior, em 21 /08 /2018, ás09h16

Aconteceu na última sexta-feira, 17, no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Maranhão (IFMA) – Campus Santa Inês, a formatura de oito internos da Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) do município. O curso, com 200 horas/aula, foi realizado entre abril e agosto deste ano e faz parte do projeto “Digitando uma nova história: educação, dignidade e transformação”.

formatura sti

Idealizado pela 2ª Promotoria de Justiça de Santa Inês e realizado em parceria com o IFMA, o projeto tem três eixos: a capacitação dos internos da UPR, de mulheres vítimas de violência e de jovens em situação de vulnerabilidade social. O curso de formação inicial e continuada em operador de computador foi o primeiro realizado.

formatura sti 2

O objetivo da formação foi garantir a ressocialização dos detentos por meio do curso profissional. Com isso, busca-se evitar a reincidência no crime além de promover a reinserção desses alunos no mercado de trabalho ao deixarem o sistema penitenciário. A cada três dias de aula, os internos reduziram um dia de pena.

Durante o evento, três dos formandos fizeram uma apresentação sobre o que aprenderam no curso, que além de questões técnicas trabalhou temas como relações interpessoais. O interno Marley Sidney Vasconcelos Alves fez o juramento em nome da turma. Para ele, o curso foi muito importante para a ressocialização e para a possibilidade de novas oportunidades. “Foi uma ideia de pessoas que acreditaram em nós. Demos o nosso melhor e aprendemos muito”, afirmou.

O diretor do campus Santa Inês do IFMA, Aristóteles de Almeida Lacerda Neto, falou sobre a importância e desenvolvimento do curso, que foi realizado nas dependências da própria UPR, enfatizando que os professores do Instituto participaram do projeto sem receber qualquer ganho adicional por esse trabalho. Aristóteles Neto também afirmou que outras iniciativas já estão sendo discutidas com o MPMA e o IFMA.

O promotor de justiça Sandro Carvalho Lobato de Carvalho, titular da 2ª Promotoria de Justiça de Santa Inês, falou sobre a idealização do curso, com o objetivo de dar aos detentos uma formação que permitisse a sua reinserção no mercado de trabalho. “Ao ser procurado, o IFMA topou o desafio e criou esse curso específico para o projeto. Já a UPR ofereceu a estrutura necessária, com uma sala de aula para a realização das aulas”, explicou. MPMA

Acompanhe mais notícias em www.portalpindare.com.br. Siga nossa página no

Facebook.