O sonho que virou realidade em Pindaré Mirim

Por: William Junior, em 03 /08 /2018, ás17h51

Dia 28 de julho de 2018 é uma data histórica para a cidade de Pindaré Mirim pelo marco que foi a entrega da restauração do Engenho Central, que há muitas décadas sofria com o abandono e que marcou a luta de muitos pindareenses para vê-lo revitalizado.

engenho central

 

A entrega do monumento contou com a presença da presidente nacional do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Kátia Bogéa e do superintendente do instituto no Maranhão, Maurício Itapary, além do prefeito Henrique Salgado, os ex-prefeitos Paruru e Manoel Filho de Pesão, vereadores, o historiador Euzamar Medeiros e representantes de entidades que lutaram para ver o Engenho Central restaurado.

inaugura

Durante a solenidade aconteceu o maior encontro de manifestações culturais dos últimos anos dentro e fora do Engenho Central. Um momento marcante para a cidade que completou 95 anos de emancipação política, ganhando esse imenso presente.

inaugura engenho

A OBRA DE RESTAURAÇÃO
Tombado pelo Iphan em 1998, o Engenho passou por uma série de adaptações para abrigar o Centro Vocacional Tecnológico (CVT), que terá cursos e oficinas na área de cultura, voltados para confecção de instrumentos, vestimentas e outros elementos do Bumba meu boi. A restauração incluiu a construção de um auditório com 154 lugares, biblioteca, salas de aula e laboratórios, além de uma área central livre destinada a eventos e atividades complementares.
inagura engenho central
A obra de restauração e adaptação do Engenho Central São Pedro foi executada em duas etapas. A primeira, de responsabilidade do Iphan, compreendeu a contratação do projeto de restauração arquitetônica e projetos complementares de engenharia no valor de R$ 150 mil, bem como o investimento de aproximadamente R$ 4,4 milhões na execução dos serviços de restauração dos elementos estruturais da edificação (alvenarias em tijolo maciço, estruturas metálicas, cobertura, chaminé, esquadrias).
a85320ff-08c8-4f72-b05c-b5d357722f2d
A renovação também focou na urbanização do terreno da edificação, na construção dos espaços destinados à adaptação do imóvel ao novo uso; na instalação das redes de água, esgoto, drenagem de águas pluviais, elétrica, telefônica, lógica, sonorização, na prevenção à intrusão, combate a incêndio e descargas atmosféricas e na climatização, ventilação e execução mecânica do Engenho.
3c427aed-61f5-483f-80e0-dd3be5812e88
A segunda etapa, com recursos do Governo do Estado do Maranhão, contempla a pintura das novas alvenarias e demais serviços de acabamento necessários ao bom funcionamento da edificação. Nesta fase, ocorreu a compra e instalação de todos os equipamentos e mobiliários (equipamentos de climatização, aquisição de mobiliário, entre outros).
Acompanhe mais notícias em www.portalpindare.com.br. Siga nossa página no

Facebook.