PF deflagra 4ª etapa de operação contra desvio de verbas da saúde no Maranhão

Por: William Junior, em 03 /06 /2017, ás09h47

Cinco pessoas foram presas em flagrante durante a 4ª fase da Operação Sermão aos Peixes – Rêmora, que apura os indícios de desvios de recursos públicos federais destinados ao sistema de saúde do Maranhão, os quais eram geridos pelo Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (IDAC), organização social sem fins lucrativos.

pf

O montante dos recursos públicos federais desviados por meio dos saques realizados em espécie ainda está sendo contabilizado, mas até o presente momento a cifra já supera a quantia de R$ 18 milhões. A Polícia Federal conseguiu apreender com um dos presos a quantia de R$ 71 mil.

O dinheiro estava em uma mochila de um funcionário do instituto. Estão sendo cumpridos mandados judiciais, expedidos pela 1ª Vara Criminal Federal da Seção Judiciária do Maranhão sendo quatro mandados de prisão preventiva, um mandado de prisão temporária e nove de busca e apreensão.

Além disso, foi determinado o bloqueio judicial e sequestro de bens num total que supera a cifra de R$ 12 milhões. A ação contou com a participação do Ministério Público Federal (MPF), do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU) e da Receita Federal do Brasil (RFB).

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) disse que aguarda comunicação judicial para tomar as providências cabíveis.

Acompanhe mais notícias em www.portalpindare.com.br. Siga nossa página no

Facebook.