Pindaré – Mirim vai receber ação da Operação Maranhão em Paz

Pindaré – Mirim vai receber ação da Operação Maranhão em Paz

O governador Arnaldo Melo lançou na sexta-feira (19), no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em São Luís, a Operação Maranhão em Paz, que tem como objetivo diminuir os índices de criminalidade e atuar de forma incisiva nas ações de combate ao tráfico de drogas, homicídio, porte ilegal de armas, assaltos, além de outros crimes.

choque
Imagem Ilustrativa/Internet

Também participaram da solenidade, o secretário de Estado de Segurança Pública, Marcos Affonso Junior; o comandante geral da Polícia Militar, coronel Zanoni Porto; e o coordenador da Operação, coronel Ivaldo Alves Barbosa, comandante do Policiamento Especializado.

O governador Arnaldo Melo disse que o Governo do Estado tem feito sua parte, investindo na Segurança Pública, adquirindo equipamentos e armas para os policiais. “Precisamos colaboração da sociedade nessa grande operação que estamos lançando para garantir a segurança da população”, declarou Arnaldo Melo.

Para Marcos Affonso, a operação Maranhão em Paz é fruto de um extenso trabalho que foi planejado e organizado. “O foco principal é unir todas as forças de segurança e enfraquecer o crime organizado. Estamos unidos com esse propósito. As Polícias devem atuar juntas com a finalidade de coibir diversas ações criminosas, além de garantir a tranquilidade da população”, disse o secretário.

Segundo o coronel Zanoni Porto, comandante da PM, a polícia tem que agir de maneira especifica, atuando de diferentes formas. “Mudar as estratégias de combate é uma ferramenta que dificulta ações criminosas. Vamos intensificar o patrulhamento e organizar diferentes formas de abordagens”, frisou o coronel.

Operação

A operação, que foi iniciada logo após o lançamento, e será executada em quatro fases, terá a participação de 800 homens das polícias civil e militar e será desenvolvida em todos os municípios da região metropolitana de São Luís e ainda no interior do estado.

Essa grande operação que será desencadeada pelo Sistema de Segurança vai integrar os Comandos de Policiamento de Áreas Metropolitanas 1 e 2, (CPAM 1 e CPAM 2), Policiamento Especializado (CPE), e os Comandos de Policiamento de Áreas do Interior (CPAI).

Durante a operação, irão atuar os Batalhões de Áreas (1º, 6º, 8º e 9º); o Batalhão de Policiamento de Choque (BpChoque), a Ronda Ostensiva Tático Móvel (Rotam), o Esquadrão de Polícia Montada (Epmont), o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA), o Grupo Tático Aéreo (GTA), a Companhia de Operações Especiais (COE), cadetes da Academia, a Força Tática (FT), além de policiais civis de distritos policiais e Delegacias Especializadas.

Na região metropolitana de São Luís, a operação inclui barreiras fixas e móveis, nas principais avenidas,  abordagens a veículos e a pessoas, em diferentes locais, e incursões nos bairros de maior incidência criminal.

A ação também será estendida ao interior do estado, abrangendo municípios de Pindaré-Mirim, Barra do Corda, Estreito, Imperatriz, Caxias, Timon e Balsas.

William Junior

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *