BRASIL

Por medida emergencial, Ministério da Saúde compra 700 mil unidades de penicilina

No terceiro sábado de outubro acontece o dia de combate à sífilis congênita, e não por acaso, o estoque da penicilina, medicamento que combate a doença, está praticamente zerado.

benzetacil

Desde o ano passado, a substância está em falta no País porque os produtores têm dificuldade de encontrar a matéria-prima, que é importada.

Com isso, o Ministério da Saúde resolveu comprar, como forma de amenizar o desfalque, 700 mil unidades de penicilina, até que sejam feitas novas licitações para a compra de novas unidades.

A expectativa é que até o final do ano estas unidades sejam direcionadas à rede pública.

A iniciativa é inédita e tem por objetivo apoiar os gestores locais para garantir o atendimento a todas as unidades de tratamento da sífilis congênita.

A doença é transmitida durante a gestação, sendo realidade cada vez mais preocupante com grandes índices de contaminação pela rede pública de saúde. Do R7

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar