BRASIL

Preço do petróleo dispara após morte de general do Irã em ataque dos EUA

Os contratos futuros do petróleo subiram mais de 4%, chegando a quase US$ 70 dólares o barril nesta sexta-feira (3), depois que um ataque aéreo dos Estados Unidos em Bagdá matou um dos principais chefes militares do Irã, provocando preocupações sobre a escalada das tensões regionais e a interrupção do fornecimento de petróleo.

PETROLEO

Uma hora após a divulgação da morte do general iraniano Qassem Soleimani por agências de notícias, os preços do petróleo no mercado internacional já tinham aumentado 4%.

Às 8h19 (horário de Brasília), o petróleo Brent subia 2,95 dólares, ou 4,45%, a US$ 69,2 por barril. Já o petróleo dos Estados Unidos avançava 2,62 dólares, ou 4,28%, a US$ 63,8 por barril, segundo a agência Reuters.

“Esperamos que confrontos de nível moderado a baixo durem pelo menos um mês e provavelmente fiquem limitados ao Iraque”, disse Henry Rome, analista do Irã na Eurasia.

O Iraque, o segundo maior produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), exporta cerca de 3,4 milhões de barris de petróleo bruto por dia.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar