PINDARÉ - MIRIM

Prefeitura de Pindaré diz que pagará salários atrasados de funcionários contratados em julho e agosto

Após cobranças por parte do vereadores tanto da situação quanto da oposição, a Prefeitura de Pindaré Mirim anunciou na noite de sábado, dia 27, que irá regularizar os pagamentos dos servidores contratados afastados e dos que estão em exercício da função.

De acordo com o comunicado, o pagamento será escalonado em datas diferentes e que iniciará em 1º de julho e só terminará em 21 de agosto (veja abaixo).

Nenhuma descrição de foto disponível.

A nota finaliza afirmando que “caso haja possibilidade de antecipação dos prazos acima citados, os servidores serão devidamente informados por seus respectivos chefes imediatos.”

VEREADORES FAZEM COBRANÇA I

Durante a sessão ordinária na Câmara de Vereadores desta sexta-feira, dia 19 em Pindaré Mirim, os parlamentares usaram a tribuna para cobrar o pagamento dos funcionários da Prefeitura do município que, em alguns casos, chega até cinco meses de salários atrasados em diversos setores.

O que se ver por toda a cidade é só lamentação, o que se ver nas redes sociais é só lamentação. Lamentação por falta de salários. No momento o problema – da falta de pagamento – é bem maior que o coronavírus no nosso Pindaré. São muitos pais de família que além da preocupação do vírus tem que se preocupar com a falta de alimentação na sua casa, com conta de água, conta de energia…“, disse o vereador Antonio Martins.

A parlamentar Judite Maria também cobrou a solução desse atraso salarial.

Fomos incluídos no grupo de Whatsapp dos funcionários da saúde e eles pedem que façamos alguma coisa por eles, que estão nessa luta diária, se expondo, expondo a família e não estão recebendo seus salários. O mesmo acontece com os guarda-municipais que estão numa situação difícil e nem os salários recebem. Assim também estão os professores concursados desse município. Os garis estão com os salários atrasados, vigias não estão recebendo…”, enfatizou a vereadora Judite Maria.

Vereadores aliados da gestão municipal também fizeram cobranças ao gestor. A parlamentar Silvia de Jesus usou a tribuna para chamar a atenção para esse problema.

Recebi algumas mensagens sobre a questão do pagamento dos servidores da saúde, outras pessoas mandam mensagem pedindo para nós ajudar, porque eles contam com o salários e não recebemOs contratados pedem para a gente falar com o prefeito, eles estão com cinco, seis meses sem receber. A gente tem pessoas da saúde que já abandonou o cargo por falta de pagamento“, disse.

O vereador da situação, Márcio Mendes também fez duras cobranças quanto a essa situação.

A gente fica sem saber o que falar, sem saber o que fazer, porque a pior situação do mundo é quando você se depara em casa com a família e você não acha uma saída e não tem o que comer. Estou sendo cobrado todos os dias, os diretores de escolas me mandam mensagens chorando e os diretores nunca se afastaram das escolas. Não acho justo que até esse momento nunca receberam seus proventos, diretores, professores, coordenadores, vigias, serventes”, destacou o parlamentar.

O vereador Senilson Silva(Coió) disse que “os secretários não tem nenhuma culpa pela falta de pagamento, eles apenas cumprem o papel deles como servidor público e ontem perguntei ao prefeito sobre o pagamento em atraso, principalmente os funcionários da saúde, tem o vigia, tem o coordenador enfim, e eu conversei e ele disse que até o dia 30 está efetuando o pagamento de todos os salários, vai deixar em dias. Se ele vai fazer ou não, isso é responsabilidade dele.” finalizou o parlamentar.

VEREADORES FAZEM COBRANÇAS II

Nesta sexta-feira, dia 26, foi realizada a sessão ordinária na Câmara de Vereadores de Pindaré Mirim. Entre os assuntos abordados, estavam as cobranças quanto ao pagamento dos salários atrasados de servidores do município.

O vereador Senilson Silva, conhecido popularmente como Coió, que faz parte da base aliada da gestão municipal, usou parte do seu discurso no grande expediente, para cobrar o pagamento dos salários atrasados. O parlamentar contou que falou com o prefeito Henrique Salgado e fez a cobrança dessa situação.

Cobrei hoje pela manhã por telefone pra ele -prefeito-, e vou fazer esse registro na tribuna dessa Casa, que ele resolva o mais rápido possível o pagamento dos funcionários. Vou repetir. Essas pessoas precisam do pão de cada de dia e eles só vão conseguir o pão de cada dia quando receberem seus salários“, disse o vereador Senilson Silva.

Em outro trecho do discurso, o parlamentar comentou.

Disse ao prefeito se não der para continuar pagando todos, que paguem todos os salários e demitam. As pessoas que receberem seus salários e forem demitidas, elas vão ficar satisfeitas porque vão ter a certeza que trabalharam e receberam“, finalizou o parlamentar.

Os demais vereadores também usaram a tribuna para fazer cobranças quanto a falta de pagamento dos servidores.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar