Temer sugeriu imposto para financiar segurança, diz Maia

Por: William Junior, em 21 /02 /2018, ás22h12

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, revelou ao blog da Andréia Sadi nesta quarta-feira (21) que o presidente Michel Temer sugeriu um imposto exclusivo para financiar a segurança pública.

michel Temer

A conversa entre eles ocorreu no sábado, no Palácio Guanabara, no Rio. “O presidente disse: Rodrigo, que tal pensarmos em um imposto só para a segurança pública? Eu disse: presidente, é inviável. O decreto inviabiliza proposta de emenda à Constituição”.

Ao blog, Maia afirmou ser contra aumentar impostos e disse que, se o governo quiser, terá de fazer por decisão do Executivo, sem passar pelo Legislativo.

“O governo que corte ministérios e reduza despesas públicas. Querem dinheiro para financiar o caos na segurança pública, mas não sabem o que fazer. Eles têm, por exemplo, dentro do IOF espaço para mexer em alíquota. Só estou dando um exemplo. Porque não é no Congresso que eles vão resolver isso, é uma decisão do Executivo”, afirmou Maia.

Na conversa, Maia disse ao presidente Temer que, para valer neste ano, uma nova contribuição, nos moldes da CPMF (antigo imposto do cheque), só seria possível por meio de emenda à Constituição.

Procurada pelo blog, a Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República informou que não vai comentar as declarações de Maia

Acompanhe mais notícias em www.portalpindare.com.br. Siga nossa página no

Facebook.