Coluna Social Especial – Parabéns para a professora Joana Fernandes!

Por: William Junior, em 12 /05 /2016, ás14h49

A Coluna Social do Portal Pindaré hoje homenageia a professora Joana Fernandes, ícone da educação e cultura do município de Pindaré Mirim e Região do Vale do Pindaré, que completa mais um ano de vida, são 74 anos de exemplo e de história.

Reproduziremos agora uma síntese de sua biografia publicada no ano de 2011 e pesquisada pelo professor Armando Paulo e Jozy Aparecida.

Especial - Aniversario Prof Joana Fernandes

Professora Joaninha – O Nome da Educação do Pindaré

SÍNTESE BIOGRÁFICA

 

Joana Fernandes Morais Santos é o nome completo da destemida “mãe guerreira” da Educação da Região do Vale do Pindaré, mais conhecida como a eterna professora Joaninha. Nascida na cidade de Arari – Maranhão no dia 12 de maio de 1942, filha do Sr. Raimundo João Morais e da Srª Laura Rosa Fernandes Morais.

Aos 06 anos de idade iniciou seus estudos primários no Instituto Bom Jesus dos Aflitos, escola da Igreja Católica em Arari. Mais tarde foi catequista e iniciou sua vida educacional. Mudou-se para a cidade de Pindaré-Mirim em janeiro de 1957, onde reside até hoje, sem saber que se tornaria a maior referência da educação desse município.

Bastante religiosa, foi recebida pelo Pároco da cidade, Pe. Chagas. Organizou os grupos de jovens como JAC e PRÉ-JAC e fundou também a primeira escola particular do município. Matriculou-se no Curso Ginasial no Colégio Cenecista “Oscar Galvão”. Concluiu o Curso Normal Colegial (Magistério) na Escola “Manuel Augusto Rabelo” da CNEC e o Curso Superior na FATEB do Colégio Batista em Santa Inês.

Em 1963 casou-se com o Sr. João David dos Santos, funcionário público estadual e vereador na cidade de Monção. Em 1964 foi nomeada professora em Monção e no mesmo ano foi nomeada Escrivã de casamento e do registro de pessoas naturais do Distrito de Alto Alegre, também em Monção. Em 1966 foi nomeada professora do município de Pindaré-Mirim. Daí em diante, outros desafios e conquistam vieram. Foi gestora e secretária de várias escolas municipais.

Foi na Unidade Integrada Francisco das Chagas Vasconcelos que ficou até aposentar-se. Por conseguinte, mesmo com a aposentadoria continuou prestando seus serviços na educação. Sempre preocupada com as questões educacionais, ingressou na vida política elegendo-se vereadora por dois mandatos, exercendo também, o cargo de 1ª e 2ª secretária da Câmara Municipal de Pindaré-Mirim.

Desenvolveu muitas funções nesse município, mas a sua vocação era e é sublimemente, a educação. E foi assim que conseguiu construir um dos maiores centros educacionais da Região do Vale do Pindaré, o CENSA – Centro Educacional Nossa Senhora Aparecida, formando cidadãos desde a Educação Infantil até o Ensino Médio (Educação Geral e Normal) para o pleno exercício da cidadania e das práticas sociais.

É de se ressaltar o seu espírito participativo e consciente nas diversas homenagens cívicas que realiza todos os anos nas datas comemorativas, como homenagear as mulheres no dia 8 de março e já tradicional e sublime homenagem ao “dia das mães”, a grande alvorada “Acorda Pindaré” lembrando o dia da emancipação política desse acolhedor município, também a “Parada Cívica do dia 7 de setembro”, conscientizando a população do seu amor pela Pátria.

Incansável na luta educacional, ainda hoje, mesmo com as marcas do tempo continua firme e sonhadora abraçando toda e qualquer causa ligada a sua mais bela e sublime vocação, a EDUCAÇÃO.

Acompanhe mais notícias em www.portalpindare.com.br. Siga nossa página no

Facebook.