Polícia Civil prende suspeito de integrar bando que explodiu agência do Banco do Brasil de Santa Inês

Por: William Junior, em 10 /05 /2019, ás18h37

Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais -SEIC , em trabalho conjunto com a Polícia Civil de Goiás (GAB),  deram cumprimento, na manhã de hoje (10), a dois mandados de prisões preventivas em desfavor de Jorge Santana de Araújo, um dos integrantes da associação criminosa responsável pelas explosões das agências do Banco do Brasil em São Luís e Santa Inês.

preso suspeito

A primeira ação ocorreu na madrugada do dia 14 de março deste ano, ocasião em que os suspeitos utilizando artefato explosivo do tipo metalon, adentraram na agência e em seguida explodiram um terminal eletrônico em São Luís subtraindo o numerário existente. Já na madrugada dia 09 de abril, a mesma associação criminosa, agiu novamente, desta vez na agência do Banco do Brasil da cidade de Santa Inês. Os suspeitos explodiram o caixa eletrônico, contudo não lograram êxito em roubar o dinheiro.

suspeito roubo

Após intenso trabalho investigativo foi possível identificar o suspeito Jorge Santana, bem como, capturá-lo  na cidade de Uberlândia-MG. Na ocasião, foi encontrado na posse do suspeito explosivos do tipo metalon, pé de cabra e outras ferramentas utilizadas em explosões de instituições financeiras. Em seu interrogatório, o suspeito confessou a prática das explosões das duas agências na cidade de São Luís e Santa Inês.

banco do brasil sti 03

O suspeito possui um vasto histórico criminal por crimes patrimoniais como roubo, furto, etc. Após os procedimentos legais, o suspeito foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Goiânia/GO, onde continuará à disposição do Poder Judiciário.

PUBLICIDADE

noroestelogo

Acompanhe mais notícias em www.portalpindare.com.br. Siga nossa página no

Facebook.