IEMA terá laboratório de recursos pesqueiros em Pindaré Mirim

Por: William Junior, em 23 /02 /2019, ás10h33

Consolidar parcerias é uma diretriz prevista no modelo pedagógico do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA) que é seguida à risca pelas unidades plenas do Instituto. Desta vez, a unidade plena de Pindaré-Mirim intermediou parceria entre o IEMA e a Associação Comunitária do povoado de Lages, no município, para a construção de um laboratório técnico do curso de recursos pesqueiros.

iema laboratorio pesqueiro

Para consolidar a parceria, o reitor do IEMA, Jhonatan Almada, recebeu, na terça-feira (19), o gestor geral da unidade plena de Pindaré-Mirim, Carlos Alberto Colares, acompanhado do presidente da Associação Comunitária do povoado Lages, Luís Saraiva.

Com a construção do laboratório, os estudantes do curso técnico em recursos pesqueiros poderão estagiar e desenvolver seus projetos de pesquisa em conjunto com a comunidade local, com pesquisadores universitários e também aliados aos mestres de ofício que atuam na associação comunitária.

“Recebemos uma comitiva de Pindaré-Mirim que veio reforçar as parcerias com o curso de técnico em recursos pesqueiros do IEMA e propor apoio nos laboratórios técnicos. Ficamos muito felizes em receber o Luís Saraiva que, além de presidente da associação, é avô do Rhian Saraiva, egresso do IEMA e que está cursando Engenharia de Pesca na UEMA”, destacou o reitor Jhonatan Almada.

Segundo o gestor geral da unidade plena de Pindaré-Mirim, Carlos Alberto Colares, a iniciativa tem grande impacto no município. “Estamos engajados na construção do laboratório do curso de recursos pesqueiros, com a ação vamos aumentar nossa demanda por formação e também poderemos usar como campo de estágio para os nossos estudantes do IEMA. Queremos trabalhar com a produção de alevinos, na qual os alunos vão interagir no processo de produção e na revenda”, explicou.

O presidente da Associação Comunitária de Lages, Luís Saraiva, disse que a parceria chega em boa hora. “Estamos desenvolvendo um projeto de piscicultura e pleiteando junto ao IEMA a construção de um laboratório técnico onde possamos trabalhar com a produção de alevinos e expandir o projeto de piscicultura não só na comunidade, mas em toda a região. A parceria com o IEMA nós traz esperanças para nossas pesquisas e o desenvolvimento da produção”, frisou.

Com a parceria, a Associação Comunitária de Lages fez a doação de um terreno para a construção do laboratório técnico em recursos pesqueiros, e o IEMA realizará a construção e adequação do prédio, além de aquisição de materiais. O projeto básico tem investimento estimado de R$ 600 mil.

Acompanhe mais notícias em www.portalpindare.com.br. Siga nossa página no

Facebook.