Em meio a crise, Caema usa carro de som para cobrar consumidores; companhia se pronuncia

Por: William Junior, em 27 /09 /2019, ás11h29

Um anuncio da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão – Caema, feito em um carro de som pelas ruas de Pindaré Mirim na manhã desta sexta-feira(27) revoltou alguns moradores.

caema_550x3801

 

De acordo com o comunicado, os consumidores com conta em atraso para efetuar o pagamento para não ter o fornecimento de água suspenso. Nas redes sociais, alguns internautas expuseram sua revolta.

Só escuto a caema anunciar que irá realizar cortes de água,  vai cortar o quê? Se o abastecimento já nos é negado a muito tempo, pra vc ter um pouco de água vc tem que passar a madrugada acordado pra poder armazenar e quando vem pela manhã às 8:00am já não tem mais, mas o que mais engraçado que a conta vem todo mês e é um valor absurdo. #caemamepoupe

Pindaré mirim Agora virou moda falta de água todos os dias. Mas a conta ñ falta no final do mês. E um valor absurdo por sinal. Sinceramente isso é uma falta de respeito a população. Gente vamos se mobilizar.  Até quando iremos ficar a mercê dessa falta de vergonha.”

É revoltante ver a caema cobrar por algo não que fazem… Prestar um serviço de qualidade. Temos água a cada dois dias e somente duas horas é quando Temos, agora já estamos a seis dias sem água.

O Portal Pindaré entrou em contato com o escritório local da Caema em Pindaré Mirim e de acordo com o responsável, “os débitos cobrados são bem antigos, não se referem a atual situação, existem clientes que devem a Caema mais de 20 faturas.

A CRISE

Já está uma situação insustentável o problema da falta de abastecimento de água em boa parte do município de Pindaré Mirim. Uma das áreas mais prejudicadas é o centro da cidade e os bairros mais próximos, é o caso do Bairro Formosa e Oscar Romero. Um caso antigo que vem piorando a cada dia.

falta agua

Em algumas ruas, como a Rua de Santana, os moradores estão sofrendo e precisam ficar acordados até o inicio da madrugada para reservar água para usar durante o dia. Muitos estão tendo que comprar água mineral para beber e preparar as comidas.

Os clientes da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão, Caema pagam todos os meses as contas e isso vem revoltando a população pindareense. Os moradores se sentem sozinhos nessa luta, já que não há nenhuma mobilização que chegou ao conhecimento do povo para, pelo menos, amenizar essa situação.

O que os pindareenses esperam é que assim como estão fazendo no município vizinho – Santa Inês – façam aqui também. Que as autoridades cobrem de quem quer que seja a responsabilidade, façam audiências públicas e busquem a solução do problema. Apenas isso!

PUBLICIDADE

banner_fotografia_ads_topo

Acompanhe mais notícias em www.portalpindare.com.br. Siga nossa página no

Facebook.